SBCJ

Caso clínico

Sinovite Vilonodular Pigmentada Difusa

Resumo:

Recidiva de sinovite vilonodular pigmentada após ressecção cirúrgica prévia.


Paciente:

44 anos, sexo masculino, trabalhador braçal.


História:

Paciente encaminhado por outro colega em 2004 devido a rediciva de sinovite vilonodular pigmentada difusa. O paciente foi operado novamente em 2005 e 2007, com sinovectomia ampla via aberta. Porém, paciente apresentava recidiva da lesão, com dor, deformidade em valgo e impotência funcional. No exame físico, apresenta deformidade em flexo de 20º, com ADM 120º e aparelho extensor íntegro.



  • fig27-1

  • fig27-2

  • fig27-3

  • fig27-4

  • fig27-5

  • fig27-6

  • fig27-7

  • fig27-8

  • fig27-9

  • fig27-10


Diagnóstico(s):

Sinovite vilonodular pigmentada difusa.


Tratamento(s):

Ressecção artroscópica em 2000 (outro colega) e ressecção via aberta em 2005 e 2007.


Resultado final:

Paciente com recidiva da lesão e incapacidade funcional (deambula com dor e dificuldade e não consegue trabalhar), além da deformidade evidente.


Questionamento sobre o caso:

Gostaria de saber a opinião dos colegas a respeito da cirurgia proposta: 1- sinovectomia e artroplastia total de joelho 2- sinovectomia e artrodese 3- outros?


Informações sobre o autor

Nome: Cristiano Grimm Menegazzo
Cidade: Joinville Estado: SC
Hospital: Instituto de Ortopedia e Traumatologia de Joinville-SC Departamento: Grupo do joelho

Comentários sobre o Caso Clínico

20-02-2014
Vide artigo publicado por mim e por membros do meu grupo na Arthroscopy mostrando resultados de longo prazo da sinovectomia artroscópica e aberta associada a radioterapia. A recidiva em 8 anos de seguimento médio foi de 12,5%. LÚCIO HONÓRIO CARVALHO JÚNIOR


18-11-2013
Passei por uma situação semelhante, tenho 24 anos e foi-me diagnosticada uma sinovite vilonodular pigmentada difusa em Novembro de 2012, após imensas tentas fracassadas de diagnóstico e após uma biopsia realizada através de astroscopia. Dia 14 de Janeiro de 2013 fui submetida a uma sinovectomia total por artrotomia, tomei cortisona durante alguns meses, fiquei com mobilidade muito reduzida, por esse facto realizei fisioterapia e após uns meses recuperei grande parte da mobilidade. Hoje venho aqui expor o meu caso pois encontro-me preocupada. O meu joelho volta a estar inchado e o inchaço não diminui embora seja já bem visível. Começo a ficar alarmada pois no dia-a-dia não tenho feito esforços , tenho por isso não percebo se se trata de uma rediciva.Agradeço a vossa atenção, Isa Esteves


FABIO GONDIM NEPOMUCENO 25-09-2013
Tenho priorizado sempre realizar o procedimento por vídeo com ponteira associada e os resultados são bons.



Comentários sobre o Resultado Final