SBCJ

Caso clínico

Osteonecrose de joelho

Resumo do caso:

Osteonecrose de joelho, secundária ao uso de corticoterapia.


Paciente (dados):

 62 anos, sexo feminino, do lar.


História:

Retirada de tumor cerebral em 2010 e 2011, na qual foi necessário o uso de altas doses de corticoide.
Apresentou boa evolução do tumor, fazendo uso atualmente de apenas 5 mg de prednisona por dia, orientada pelo oncologista.
Em dezembro de 2011, iniciou com dor de forte intensidade em joelho direito sem história de trauma.
Ao exame físico apresentava adm de 0-90, com crepitação fina e dolorosa.
RM (05/01/12): extensos focos de infarto ósseo/osteonecrose acometendo todo o segmento avaliado do fêmur distal, tíbia proximal e patela; fratura subcondral acometendo toda extensão da área de carga do côndilo femoral lateral, notando retificação da superfície articular nesta topografia, condropatia grau II no vértice patelar e sulco troclear, cisto poplíteo.



  • fig44-1

  • fig44-2

  • fig44-3

  • fig44-4

  • fig44-5

  • fig44-6

  • fig44-7

  • fig44-8

  • fig44-9

  • fig44-10

  • fig44-11


Diagnóstico(s):

Osteonecrose de joelho, induzida por uso de corticoide.


Tratamento(s):

Tratamento instituído em janeiro de 2012: retirada de carga, com a paciente orientada a usar andador e caminhar o mínimo necessário + uso de diacereína 50 mg/dia.


Seguimento ("Follow up"):

Apresentou melhora parcial um mês após o tratamento instituído, com piora novamente da dor há 1 mês.
Atualmente, refere que sua dor varia de 2 a 7 numa escala de 0 a 10, atingindo picos maiores com descarga de peso.
Caminha apenas dentro de casa, com muita dificuldade. Iniciou com dor também em ombro direito há 1 mês.
RM joeho direito (07/05/12): praticamente inalterado em relação ao exame anterior.
RM ombro direito: extensa alteração de sinal na porção proximal do úmero compatível com osteonecrose.


Resultado final:

No momento, a paciente está orientada a retirar carga e fazendo uso de analgésicos (paracetamol, dipirona e codeína) e condroprotetor (diacereína), com alívio parcial.


Questionamentos sobre o caso:

E agora, o que fazer:
Manter conduta expectante?
Indicar intervenção cirúrgica neste momento? Qual?


Informações sobre o autor

Nome: Daniel Rodrigo Klein
Cidade: Brusque Estado: SC
Hospital: Azambuja Departamento: Ortopedia e Traumatologia

Comentários sobre o Caso Clínico

GUSTAVO CARVALHO DE ALENCAR FIALHO 27-02-2014
anteria condroprotetor oral e acido hialuronico intra articular, carga parcial, exs isometricos e conduta expectante com analgesia


CELSO LUIZ DELLAGIUSTINA FILHO 26-09-2013
Olá Daniel! Caso extremamente complicado!! Mas de momento nao indicaria nenhum tto cirurgico, mesmo porque pcte parece estar em fase ativa, com multiplos focos de osteonecrose, inclusive com focos a distância (ombro). O melhor acredito seria aguardar "esfriar" o processo e pensar após esse periodo, se pcte realmente estiver curado do Tu. cerebral, uma artroplastia total de joelho,alem de ter uma idade adequada para tal procedimento!!



Comentários sobre o Resultado Final