SBCJ

Caso clínico

Luxação recidivante de patela em paciente com Osteogênese Imperfecta

Resumo:

Paciente portador de osteogênese imperfecta e várias fraturas de ambos os membros inferiores.

 
Paciente (dados):

40 anos, sexo masculino.

 
História:

E.R.M.F., 40 anos, portador de osteogênese imperfecta e várias fraturas de ambos os membros inferiores. Após as duas últimas fraturas de fêmur esquerdo, sendo uma fratura diafisária e uma fratura de colo de fêmur passou a apresentar luxação da patela esquerda. A instabilidade passou a ser grave gerando alta insegurança ao paciente pelo risco de novas quedas. Agora deambula com auxílio de bengala por segurança.

 

  • A imagem mostra rotação externa grave de todo o MIE

  • RX em AP

  • RX em perfil

  • RX em axial

  • Panorâmica dos MMII

  • TC mostra ângulo entre colo de fêmur e tangente posterior aos côndilos femorais de 55°

  • TC mostra displasia da tróclea e subluxação da patela E em relação ao joelho contralateral

  • TA-GT do joelho E de 28

  • Axial de patela, fixação do semitendíneo com âncoras

  • Perfil do pós-operatórioAP do pós-operatório


 

 
Conduta:

Optamos apenas por reconstrução isolada do LPFM para evitar cirurgia óssea em paciente com osteogênese imperfecta.

 
Resultado:

Com 1 ano de pós-operatório o paciente anda sem auxílio de muletas, com segurança e está muito satisfeito com o resultado final.

Informações sobre o autor

Nome: Wagner Lemos
Cidade: Belo Horizonte Estado: Minas Gerais
Hospital: Hospital Biocor e Hospital da Baleia de Belo Horizonte Departamento: Ortopedia e Cirurgia do Joelho

Comentários sobre o Caso Clínico


Comentários sobre o Resultado Final